quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Sentimento cardiovascular


Com um ano de idade já vivia a menina com seus dias predestinados. Síndrome.
Por algum motivo, foste escolhida entre oito milhões de humanos que nasciam naquele exato momento. Ela, a presenteada.
A família chocou-se com as notícias médicas, os jornalistas buscaram informações com os médicos e os médicos recorrerram aos ratos, experimentos: a última saída.
Já fazem treze anos. Deu tudo certo, até agora.
A menina com síndrome rara vive mais do que a expectativa, o mundo inteiro comemora sua resistência física, pois a maioria dos que sofrem desta doença morrem por complicações cardiovasculares.
Mas mal sabem eles, que a dor que a menina traz ao coração é maior do que qualquer doença diagnosticada. Ela sofre com uma doença de um tipo particular de menina sonhadora, aquela onde os sonhos nunca chegarão à realidade por falta de fé.
Fé que vai viver mais ela tem todas as noites. Fé de ir até os EUA tomar mais injeções ela tem. Fé de sorrir no dia seguinte ela sempre teve.
Mas onde está a fé em ser... Uma menina?
Triste, em seu coração dor maior do que aquela palpita com dificuldade é a dor de desistir de sonhar e para conter resultados.





Este texto é somente um diálogo feito a partir da história real de Hayley Okines, que hoje completou 13 anos de vida.

9 comentários:

Nah disse...

Pobrezinha :/

Lerminer disse...

Eu li sobre ela no site da globo. Tadinha!

Léo disse...

Lição pra nós, que fraquejamos por muito menos...

Barbara Nonato disse...

Existem pessoas tão fortes e tão merecedoras de uma chance, que conseguem driblar as expectativas da ciência.

Jessica disse...

lição de vida !

parabéns pelo blog !

http://pensamentos-manuscrito.blogspot.com/

Eguez disse...

Esse caso me deixa muito triste. Porem, me faz dar mais valor a minha vida e reclamar menos das coisas que tenho e nao valorizar coisas materias. Espero que ela fique bem, a familia fique bem. Deus sabe o que faz. Sem sombra de duvidas é um grande exemplo de vida.

sentimentos da alma disse...

triste..... estou te seguindo se quiser me seguir te agradeço. beijinhos


http://ericamarqueslam.blogspot.com

Thayná Damascena disse...

Nossa, essa história é muito comovente mesmo :O
Gostei da forma que fez o texto,fiz um tbm baseado em uma história real,a dos mineiros do chile,mas não postei :/
bjs e seguindo :)

http://thaynadamascena.blogspot.com/

Não tenho alma disse...

tocante.

Seguidores